Aprender a estar só

No dia a dia, muitas vezes não nos damos conta de que possuímos uma necessidade premente de estarmos com alguém. Queremos estar sempre rodeados de amigos e da família, e certamente não há mal algum nisso. O mal está no medo de estar só.

Quem já se deparou com certa melancolia no fim do domingo, estando sozinho depois de um final de semana "lotado" sabe que nem sempre é fácil ficar consigo mesmo. A questão é que muitas vezes Deus nos pede estes sacrifícios, e na maioria das vezes não estamos preparados.

Quando decidi doar esse ano para as coisas de Deus, não pensei no impacto emocional que isso teria. Um ano viajando sozinha, logo eu, a filha apegada… Ao entrar na sala de embarque para sair do país, lembro-me de ter pensado: “Agora somos eu e Deus”. Desde então, enfrentei muitas outras salas de embarque, muitas esperas sozinha. Vivi momentos, visitei lugares fantásticos, eu e Deus.

No começo, eu sentia aquela sensação de domingo à noite durante a semana toda. Eu não tinha minha família comigo, meus amigos. Os abraços não eram apertados. O beijo de boa noite não existia mais. A sensação de solidão aumentava exponencialmente ao me adentrar na cultura do país. Não era a minha cultura, não é o meu povo. A sensação de, mesmo falando a língua, não ser entendida; mesmo me comunicando, não ser ouvida.

Recordo-me de estar sentada em um deck do porto de Estocolmo numa manhã de domingo. O dia estava quente, ensolarado. Sentia o cheiro salgado do mar e a brisa que movimentava os cabelos. Foi nesse instante que pensei: Obrigada, Deus, por toda a companhia. Foi a partir daí que reverti a tristeza de não ter o abraço carinhoso dos meus pais todos os dias pela sensação de agradecimento por sentir saudade de tanta coisa boa.

Eu parei de me sentir só no momento em que senti a presença real de Deus comigo o tempo todo. E foi Ele que me ensinou a estar só. A entender que podemos, sim, ter pessoas ao nosso redor, mas que realmente só Ele já basta. Passei a apreciar cada momento não com o sentimento de que poderia estar dividindo a vista com outro alguém, mas me sentindo agradecida pela oportunidade.

Claro que há noites frias, onde o coração aperta e a saudade se revela pelos olhos. Somos humanos, temos limitações e não é errado sentir saudade. Mas também temos um Pai amoroso que, vendo sua filha sofrer, Se compadece, e quase O sinto tocar meus cabelos num gesto de carinho. Independente da situação pela qual estejas passando, Deus não te pede aquilo que não podes dar. É necessária a solidão para aumentar o amor e a intimidade com Deus.

Somente quando estamos sós conseguimos nos aprofundar no Seu mistério e nos abrir para a Sua infinita misericórdia. Não é necessário viajar sozinha por um ano, bastam alguns momentos em frente ao sacrário. Então, se Deus te dá a oportunidade de ficar só por mais tempo, como é meu caso e pode ser o teu também, é talvez porque Ele esteja querendo mais a tua companhia. Foi ao me dar conta disso que percebi o quão privilegiada eu sou por essa experiência. Reverta a tristeza da solidão pela felicidade de estar em intimidade com Cristo. Ora, que estejam tristes os que não se considerem filhos de Deus (São Josemaría Escrivá, Forja, n. 54).

Por fim, é necessário aprender a estar só. Mas, quando aprendemos, descobrimos que nunca o estamos realmente.

Anúncios

2 comentários em “Aprender a estar só

  1. De fato Cecília… Muitas vezes Deus permite vivermos isso no nosso cotidiano, e como é difícil, mas como é bom, quando todo o “excesso” se vai e você precisa amar a Deus, você se depara com você mesmo e exerça que talvez você amava muitas outras coisas e não à Deus como ele deveria ser amado… Estou vivendo esse processo, e a definição de final de domingo é ótima rsrsrsr De fato é assim… amei o post!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s